Foto: Agung Pandit Wiguna/Pexels
Foto: Agung Pandit Wiguna/Pexels

Governo federal lança novo sistema de informações sobre mobilidade urbana

A ferramenta reúne dados de diversos órgãos, agências federais e permite a consulta e visualização de informações do setor


O Brasil agora conta com um novo sistema de informações sobre mobilidade urbana, que reúne dados de diversos órgãos e agências federais. É o Sistema Nacional de Informações em Mobilidade Urbana (Simu), uma ferramenta em forma de portal que permite a consulta e visualização de informações do setor.
 
O sistema foi lançado na última quinta-feira (23), durante a Semana da Mobilidade – uma ação do governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, com objetivo de discutir aspectos relacionados ao tema e conscientizar a população sobre o assunto.
 
Entre os dados que podem ser conferidos no sistema, estão materiais do Ministério do Desenvolvimento Regional, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a Caixa Econômica Federal, o Sistema Único de Saúde (SUS), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o WRI Brasil e o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil).

Covid-19: benefício da vacinação de adolescentes é maior que eventuais riscos de eventos adversos

Empresários do segmento de máquinas e equipamentos são os mais confiantes da indústria
 
Segundo a coordenadora-geral de gestão e empreendimentos do MDR, Carolina Baima, o lançamento dessa ferramenta foi só o começo de uma ação. "A partir da criação desse sistema, o próximo passo é fazer a ponte com nossos parceiros para que eles possam compartilhar suas informações com frequência e, assim, tornar o Simu um braço auxiliar na tomada de decisões na questão da mobilidade urbana", destacou.
 
Nesta primeira versão, será possível consultar informações em sete temáticas: infraestrutura de mobilidade urbana; serviços de mobilidade urbana; política tarifária; acesso a oportunidades; sustentabilidade ambiental; acidentes em transportes terrestres; e carteira de empreendimentos apoiados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.
 
O Simu atende à Lei n. 12.587/2012, que instituiu as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU). Entre outras atribuições, cabe à União organizar e disponibilizar informações sobre o Sistema Nacional de Informações em Mobilidade Urbana e a qualidade e produtividade dos serviços de transporte público coletivo.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: No quarto dia de atividades da Semana da Mobilidade, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, lançou o Sistema Nacional de Informações em Mobilidade Urbana, o Simu. A ferramenta, em formato de portal, permite a consulta de dados do setor, com informações de diversos órgãos e agências federais.
 
Carolina Baima, coordenadora-geral de gestão e empreendimentos do MDR, explica como o novo painel será fundamental para implementar as políticas públicas de mobilidade.
 

TEC./SONORA: Carolina Baima, coordenadora-geral de gestão e empreendimentos do MDR.
 
"O lançamento do Simu é um marco para a política nacional de mobilidade urbana porque o MDR vem trabalhando na construção desse sistema há quase dez anos. A nossa ideia é exatamente construir e consolidar o sistema como um hub de informações da mobilidade que seja capaz de orientar gestores e pesquisadores do tema e formadores de opinião no debate da mobilidade das cidades".
 

LOC: Entre os temas que poderão ser pesquisados estão infraestrutura e serviços de mobilidade urbana; política tarifária; acesso a oportunidades; sustentabilidade ambiental; acidentes em transportes terrestres; e carteira de empreendimentos apoiados pelo MDR.
 
Para saber mais sobre o Simu, acesse simu.mdr.gov.br